Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensão Lisbonense

Águas correntes, quentes e frias.

Pensão Lisbonense

Águas correntes, quentes e frias.

Portugal Tecnológico

Abrir portas à internacionalização é principal objectivo das empresas.

 

... e assim arrancava - discretamente - mais um dos destaques noticiosos desta manhã no portal sapo.


Naturalmente não li.

A par da garantia do direito à liberdade de expressão, não tinha já este constituído um dos grandes objectivos da nossa terceira república?
Trinta - e muitos - anos depois, continuará a ser esta a inovadora visão estratégica do nosso tecido empresarial e dos seus borbotos?

21 de setembro de 2010, algures num país agraciado pela lobotomia - que nos rendeu o nobel em 1949(*) - e onde as portas abrem para dentro.

(*)Nota: resta informar que o professor Egas Moniz foi recentemente sentenciado a nobel revoke, tal como o senhor Henry Kissinger (1973 Paris Peace Accords), muito admirado na ásia e na américa central - esquecia-me da falecida união soviética -, ou mesmo o senhor Arafat.