Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensão Lisbonense

Águas correntes, quentes e frias.

Pensão Lisbonense

Águas correntes, quentes e frias.

Será verdade?

 

Poderá ser mesmo verdade?  Será que um beijo cura mesmo tudo? Se assim é, larguem a Biblia, o Corão e outros similares mas com nome diferente, e beijem-se! Mas porque será que não se beijam? Têm vergonha? Preferem matar alguém a correr o risco de apanhar um herpes labial? Eu sou defensor do beijo, talvez por isso exista pouca coisa que me irrita. Eu disse pouca, não nenhuma. Mas no outro dia fui travado por um vizinho que dizia que os meus beijos eram muitos barulhentos! Ora bem, será que ultrapassei a barreira do som? Ou será que ele tem pouco mais que fazer? 

– Deveria experimentar um dia destes! Sabe, faz bem à pele, diminui o risco de enfarte, causa rugas de riso, e, acima de tudo, é muito bommm.

A sério, se nos dedicássemos mais ao beijo, não se perdia tempo a roubar, a desviar fundos, a acusar o próximo do dito por não dito...

Já imaginaram o que seria o telejornal, em vez de apresentar desgraças, ditadores derrubados, países destruídos, o Sporting a perder, se simplesmente só colocassem beijos, o jornalista em grande plano francês com o cameraman, George Bush a passar a mão no pêlo do Kim Il-sung.

 

ANÚNCIO DE ULTIMA HORA: TROCA-SE AK47 por beijo!!!!